BPO Financeiro

Como vender BPO financeiro para os seus clientes

O Business Process Outsourcing, BPO financeiro, tem sido adotado por diversas contabilidades como um novo produto ou modelo de negócio rentável. Entenda aqui!

Muitas pequenas e médias empresas possuem um financeiro com pouca, ou quase nenhuma gestão financeira, e isso impacta de forma negativa, não só no crescimento da empresa, mas também na rotina do contador com eles. Rotina essa que se torna ainda mais operacional para a contabilidade. Por isso a importância do BPO financeiro, ou terceirização financeira.

Neste cenário de consequências mútuas, temos de um lado um cliente que não tem boas projeções para sua área financeira, e do outro uma contabilidade que não consegue crescer por estar imersa na operação de vários clientes desorganizados.

 
Uma pequena ou média empresa, na grande parte dos casos, não possui um CFO, que é uma figura financeiramente estratégica. Estes negócios possuem um analista financeiro, que faz o básico, paga contas, emite notas e preenche uma planilha que é pouco gerida pelo administrador da empresa, e no melhor dos casos é gerida semanalmente ou mensalmente. 

Supondo que este analista ganhe em torno de R$ 2.500,00 mensais, além dos benefícios como VT e VR, o custo deste funcionário para a empresa é praticamente o dobro, pois temos diversos encargos sociais e os que constituem a CLT como INSS e FGTS. Portanto, no fim das contas, o empreendedor paga quase R$ 5.000,00 para um analista que não possui qualquer estratégia financeira para empresa, ele é operacional. 


Mais do que o valor pago ao funcionário, temos também a perda financeira por falta da gestão do fluxo de caixa. Se essa gestão é feita de forma pontual, mensalmente, como identificar antecipadamente se há necessidade de melhorar as vendas, e a melhor forma de gerir estoque, no caso de comércio, por exemplo? Como projetar seu DRE (Demonstração do Resultado do Exercício)? Parece óbvio, mas alguns empreendedores não sabem que possuem essa dor. 

Em outro cenário, temos o próprio administrador fazendo a gestão das suas finanças, e isso é ainda pior, pois ele normalmente não cuida apenas do financeiro da empresa, e a multitarefa não permite ao mesmo que consiga ser estratégico. É aí que entra o contador consultivo, que irá olhar para este cenário e saberá levantar as informações necessárias baseada nos problemas que devem ser resolvidos.


Como é sua gestão financeira? Você consegue ter uma visão clara e diária de como está o seu fluxo de caixa? Qual ferramenta você utiliza para gerir suas finanças? Você tem uma clara noção de quando se faz necessário comprar ou vender mais? 


Estes são alguns exemplos de levantamento de dores, e uma das melhores técnicas de venda que podem ser utilizadas para isso é o SPIN Selling. Após o levantamento dessas dores, como é possível vender para o cliente? Parece complexo, mas na verdade, com essas informações em mãos, você tem 50% da venda.


Se o seu cliente paga R$ 5.000,00 para um CLT operacional e sem estratégia, ou se ele mesmo gerencia suas finanças, e muito provavelmente perde dinheiro com isso, por que não oferecer o serviço de BPO? 

Seu cliente já confia em você, ele te envia informações confidenciais todos os meses. Se você oferece uma gestão estratégica e financeira pra ele por R$ 2.000,00, que representa menos da metade do que ele gasta com um analista, quanto mais você ganharia ao mês por cliente? E quanto seu cliente deixaria de perder? Ou melhor, quanto ele passaria a ganhar?


Claro que nada disso é simples, você possui uma carteira com diversos perfis de clientes, e antes disso tudo, vale definir seu público alvo. Vai ser comércio? Serviço? Indústria? Os três? Escolha seu nicho, e então inicie este processo de dentro para fora. Primeiro, venda para sua carteira, e depois ofereça o serviço para os novos clientes. 


O BPO financeiro, apesar de hoje ser muito mais popular dentre as contabilidades, ainda é pouco explorado e pode vir a ser não só um ambiente de evolução e ganhos financeiros para a contabilidade, mas também, um diferencial competitivo que, além de fidelizar, traz novos clientes.


Vale lembrar que, se o cliente não possui um banco integrado, você terá a mesma dificuldade de toda contabilidade que é o retrabalho com o extrato bancário. Então por que não oferecer ao cliente uma solução completa? Uma conta PJ com benefícios para a empresa, que dê fácil acesso ao contador sobre informações de pagamentos e recebimentos. 


Quer conhecer nosso programa de parceria para contadores?
É só preencher o formulário abaixo que entraremos em contato com você!


A Conta Linker já conta com integrações e soluções inovadoras pensadas para pequenas e médias empresas. 

Conheça nosso programa de parceria para contadores entrando em contato com a gente através do e-mail parceiros@linker.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin
Rolar para cima

Fique por dentro


Que tal receber no seu e-mail conteúdos que podem ajudar na gestão da sua empresa?

Preencha seu nome e e-mail: