Sono de CEOs

O que tira o sono de grandes CEOs?

Já perdeu o sono resolvendo problemas do negócio? Provavelmente sim! Mas não ache que os grandes CEOs estão livres disso. Confira o que preocupa os grandes donos de empresas!

O CEO (Chief Executive Officer) é o principal cargo de uma empresa e suas responsabilidades incluem resolver e tomar decisões importantes, gerenciar os recursos e operações gerais de uma organização, além de atuar como o ponto central de comunicação entre o operacional e o conselho de administração. Entenda aqui o que tira o sono de grandes CEOs.

A rotina dos grandes CEOs não é nada fácil. A jornada diária vai bem além das 8 horas de trabalho de um funcionário comum. Segundo um levantamento feito por especialistas da Harvard, a jornada média de profissionais nesse cargo gira em torno de 9,7 horas por dia no meio da semana, além de trabalhar quase 4 horas por dia em fins de semana. Além disso, o líder e chefe da empresa precisa lidar com muitos desafios e medos.

Entender melhor sobre esses desafios pode ajudar você a empreender com mais confiança e administrar seu negócio com ainda mais resiliência. Confira então o que tira o sono desses grandes jogadores.

Redução de custos

Os custos de uma empresa estão diretamente relacionados ao seu crescimento e à sua vantagem competitiva no mercado. Altos custos podem tornar um negócio totalmente inviável. De forma objetiva, os custos podem ser planejados e gerenciados, mas é um grande desafio entender os custos ocultos, ou seja, os desperdícios que não entram na planilha tão facilmente.

Eles muitas vezes estão ligados a processos inadequados, retrabalho, redundâncias entre outros problemas que não são facilmente detectáveis.

Inovação

As novas tecnologias e o mercado não param de evoluir. Nesse cenário, empresas que não evoluem ficam para trás. É como se fosse uma corrida que nunca tem uma linha de chegada. Diferentes soluções disruptivas que surgem a cada dia são ameaças constantes e tiram o sono de muitos CEOs.

Perda de clientes

Toda empresa deseja atrair clientes. Mas, na realidade de muitos CEOs, não perder clientes já é um grande avanço. Os consumidores estão cada vez mais conscientes, e a concorrência aumenta a cada dia. A tendência pela pulverização no mercado é muito grande com novos players fortes surgindo no mercado.

Contratação de talentos

Segundo uma pesquisa da PwC, adicionar novos talentos ao time está mais difícil para 52% dos CEOs no Brasil. Em nível global, esse número aumenta para 62%. Em muitas regiões e setores, ocorre um verdadeiro apagão de mão -de-obra. 

Muitos líderes estão tentando qualificar seus próprios colaboradores para assumirem funções técnicas e estratégicas, pois a formação de novos profissionais de modo convencional não está atendendo à demanda.

Cenário geopolítico

Diferentes acontecimentos geopolíticos afetam os negócios de forma bastante profunda. A nova realidade que vivenciamos com a pandemia do coronavírus deixou isso bastante evidente. Mudanças regulatórias, impostos e tensão política — tudo isso pode fazer verdadeiros impérios fecharem suas portas ou deixarem de investir em um país.

Inadimplência ou queda nas vendas

Não são apenas as pequenas empresas que lutam contra a inadimplência ou o baixo fluxo de vendas. Em muitos casos, o que passa pelo caixa é muito inferior aos custos financeiros do negócio. Assim, a empresa pode movimentar bilhões, mas suas dívidas também podem facilmente chegar nesse nível. O resultado de anos com relatórios de perdas é normalmente o fechamento da empresa ou pelo menos das divisões menos lucrativas.

Foi isso o que ocorreu recentemente com a LG. Depois de seis anos seguidos com perdas que somaram mais de R$ 25 bilhões, a fabricante decidiu fechar toda a divisão de celulares para se concentrar em áreas da empresa que estão em crescimento. Importante lembrar que a LG já foi a terceira maior fabricante de celulares do mundo.


Independentemente do tamanho do negócio, CEOs de todos os níveis precisam lidar com preocupações que tiram seu sono. Entender isso nos ajuda a entender que é preciso sempre estar atento às novidades do setor em que atuamos. Buscar inovar e criar uma relação próxima  com o público é essencial para o sucesso de qualquer organização.

Falando em CEOs, já se perguntou a diferença entre líder e chefe? Leia o nosso artigo sobre o assunto e entenda. Saiba também como você pode pensar fora da caixa para fazer sua empresa lucrar mais. E não se esqueça de seguir nosso perfil no Instagram para não perder nenhuma novidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Image Lightbox Plugin
Rolar para cima

Fique por dentro


Que tal receber no seu e-mail conteúdos que podem ajudar na gestão da sua empresa?

Preencha seu nome e e-mail: